Uma das grandes quebras de paradigma da minha vida foi ler e entender sobre o estudo deliberado.

Sempre recomendo o livro Peak do Anders Ericsson que trata do assunto.

Método -> prática -> mentor -> grupo de fomento.

Por mais inteligente que você seja, as chances de você alcançar algo relevante nesta vida isolado é muito pequena.

O método é o passo a passo que precisa da prática constante e que precisa da correção de alguém mais experiente. O grupo de fomento é o organismo vivo que se retro alimenta. É um ciclo perfeito.

As pessoas menosprezam o poder do grupo fomentador. A comunidade na qual você está inserido é exatamente o balizador.

Se você está num lugar onde a média é alta, então você estará constantemente em vantagem comparativa com a média dos outros grupos e dos indivíduos que caminham isoladamente.

90% do seu tempo você estará praticando sozinho, mas os 10% do seu tempo com mentores e com o grupo de fomento te ajudarão a entender o contexto de maneira completamente diferente.

Você sente que está num ambiente que te coloca para romper?

Conte conosco nesta caminhada.
Mateus Starling

Novidades da Semana

Sempre respeitando nossos alunos e ouvindo suas sugestões e opiniões sobre como podemos melhorar cada vez mais a experiência dentro da plataforma, fizemos as seguintes modificações e inclusões na plataforma da escola:

– Novas aulas na Harmonia Berklee 01 (Express);
– Novas aulas na classe de Guitarra 03 (Express);

Não Viu Ainda?

(Cursos que achamos importantes e muitos deixam passar)

Se tornar um músico proficiente é um dos seus objetivos? É importante na sua carreira conseguir transitar entre esitlos musicais diferentes? Quer aprender a usar de forma prática e criativa os intervalos melódicos e harmônicos e dessa forma incrementar seus improvisos?

Os intervalos fazem parte do estudo de qualquer instrumento musical e o tema transcede os estilos musicais. Duvida?

Nessa classe os exemplos práticos abordam as intenções estilísticas do neosoul, jazz, rock, blues e fuision, mostrando a versatilidade do assunto.

Tente lembrar o que fazia você pegar no instrumento quando começou a tocar..

Talvez o interesse era tocar para estar perto dos seus amigos, o sonho da banda autoral, tocar na igreja, gravar o primeiro álbum, tocar no churrasco..

Sabe qual é o problema da falta de foco? É a falta de propósito..

Propósito é projeto. Algo que você quer construir. Por mais que seja bobo para outras pessoas, montar uma banda pode ter sido a coisa mais importante da sua adolescência. Aquela vontade de tocar com os amigos, criar uma música do zero, rabiscar pedaços de letras, mudar os acordes, não saber como finalizar a canção, sonhar com a música na MTV..

O tempo passou e hoje você toca sozinho no quarto. Não reparte sua música e nem o seu projeto com mais ninguém. Quando você menos percebe já não tem mais propósito para tocar o instrumento. Agora é só obrigação para não abandonar o instrumento em baixo da cama.

Para preencher o buraco do propósito você enfia um monte de conteúdo e atividade no meio da vida e, no fim das contas, a falta de propósito te deixa sem foco e a falta de foco te deixa ansioso..

Então você acredita que vai progredir sem compartilhar sua música, seu progresso e suas dificuldades com outras pessoas, mas assim sua rotina tão sem graça que você desiste..

Música é uma arte para ser compartilhada..

Esteja num ambiente aonde você pode fomentar música com pessoas que estejam passando por etapas parecidas..


Conte conosco nesta caminhada.
Mateus Starling                                     

Novidades da Semana

Sempre respeitando nossos alunos e ouvindo suas sugestões e opiniões sobre como podemos melhorar cada vez mais a experiência dentro da plataforma, fizemos as seguintes modificações e inclusões na plataforma da escola:

– Novas aulas na classe Análises Musicais;
– Inclusão de mais uma alula na classe Aulas dos Alunos Faixa Preta;
– Novas aulas na classe Harmonia 1 Express;

Não Viu Ainda?

(Cursos que achamos importantes e muitos deixam passar)

Como se manter focado com o volume de informações que temos hoje em dia? É possível evoluir nos estudos mesmo tendo pouco tempo para poder estudar durante o dia? Você sabe como alinhar os seus estudos com os seus objetivos? Você sabe como montar o seu cronograma de estudos?

Parecem questões simples de se resolver mas hoje em dia o volume de informações que temos disponíveis podem atrapalhar mais do que ajudar, temos as redes sociais ao alcance do nosso bolso e facilmente podemos perder horas com elas.

Na classe de rotina de estudos temos dicas importantes de como estudar, como criar a sua rotina de estudos e como se manter focado nos seus objetivos.

É muito mais fácil seguir estudando e tendo disciplina se você encontra propósito no que esta fazendo.

Os hábitos são formados exatamente quando temos uma deixa. Um instrumento próximo quando estamos em casa, por exemplo e uma rotina desencadeada ao pegar o instrumento, que por fim será recompensando de alguma forma.

Qual é a recompensa que você tem após seu estudo com o instrumento? Qual é o sentimento gerado?
Satisfação por estar avançando? Um solo que você consegue tocar? Uma música que você consegue acompanhar?

Quando o seu propósito com a música é grande, quando tem paixão envolvida, fica mais fácil ter disciplina e motivação.
A disciplina é o tapa que você precisa num dia ruim. Algo como: “Hoje estou cansado, mas vou estudar porque é preciso.”

No fundo você sabe que será recompensado, talvez não hoje e nem amanhã, mas no fim das contas você vai alcançar aquele propósito maior que te faz querer tocar o instrumento todos os dias.

Conte conosco nesta caminhada.
Mateus Starling


Não Viu Ainda?
(Cursos que achamos importantes e muitos deixam passar)

 

Uma das escalas mais versáteis que temos, usada em estilos variados, desde o Jazz ao Rock. 5 notas que marcaram carreiras de grandes músicos que souberam como a utilizar de forma genial. Afinal de contas todos nós sabemos, não existe lick de pentatônica ruim, existe lick mal tocado rs.

Nessa classe o Mateus ensina 14 padrões que podem ser utilizados com a escala pentatônica que vão ajudar a compor o seu vocabulário de frases para usar em seus improvisos.

Por que você deve se focar primeiro em acordes estáticos?
Acordes estáticos são aqueles que aparecem sem um contexto harmônico, tal como um acorde Dm7.

Muitas vezes a base da música é um simples acorde estático e, obviamente, te dá uma liberdade muito maior no improviso por não esta restrito ao contexto harmônico.

Quando o acorde esta inserido num contexto de harmônico, então você precisa considerar um pouco mais o contexto, mas entenda que, quase tudo o que você usa sobre um acorde estático você pode também usar quando este acorde estiver dentro de uma progressão harmônica.
Preparei uma sequencia de aulas sobre acordes estáticos, primeiro sobre um Dm7, depois sobre um G7 e depois sobre um acorde maior. O conteúdo já esta disponível.

Pratique os acordes estáticos, sempre em 12 tonalidades para que você não fique restrito a certas tonalidades.
Bons estudos e Deus te abençoe.

Conte conosco nesta caminhada.
Mateus Starling


Novidades da Semana

 

Sempre respeitando nossos alunos e ouvindo suas sugestões e opiniões sobre como podemos melhorar cada vez mais a experiência dentro da plataforma, fizemos as seguintes modificações e inclusões na plataforma da escola:

– Novas aulas na classe Análises Musicais;
– Correção das aulas com problemas na reprodução;
– Melhorias no player de vídeo;
– Nova classe “5 Níveis de Improviso sobre Acordes”;
– Melhorias na Área do Aluno

 


Não Viu Ainda?
(Cursos que achamos importantes e muitos deixam passar)

 

Se tornar um músico proficiente é um dos seus objetivos? É importante na sua carreira conseguir transitar entre esitlos musicais diferentes? Quer aprender a usar de forma prática e criativa os intervalos melódicos e harmônicos e dessa forma incrementar seus improvisos?

Os intervalos fazem parte do estudo de qualquer instrumento musical e o tema transcede os estilos musicais. Duvida?

Nessa classe os exemplos práticos abordam as intenções estilísticas do neosoul, jazz, rock, blues e fuision, mostrando a versatilidade do assunto.

 

Olá meu amigo.

Estamos vivendo dias difíceis, então só quero passar por aqui para dar uma palavra de encorajamento para todos vocês e reforçar o papel do nosso grupo de fomento no TELEGRAM.

Grupos de fomentos, tal como diz Anders Ericsson em seu livro PEAK, funcionam como um agente motivador, além de serem locais onde as pessoas trocam interesses comuns e incentivam umas as outras.

Em tempo de isolamento, ter o apoio dos colegas e pessoas que vivenciam os meus sonhos pode fazer toda diferença.
Tente participar mais ativamente, aproveite o tempo em casa para gravar mais videos e compartilhar.
Curta o processo de estudo e se divirta praticando.

Vai na seção download e baixe playbacks para fazer um som.
Fique seguro em casa e logo tudo vai passar.

Conte conosco nesta caminhada.
Mateus Starling


Não Viu Ainda?
(Cursos que achamos importantes e muitos deixam passar)

Uma das escalas mais versáteis que temos, usada em estilos variados, desde o Jazz ao Rock. 5 notas que marcaram carreiras de grandes músicos que souberam como a utilizar de forma genial. Afinal de contas todos nós sabemos, não existe lick de pentatônica ruim, existe lick mal tocado rs.

Nessa classe o Mateus ensina 14 padrões que podem ser utilizados com a escala pentatônica que vão ajudar a compor o seu vocabulário de frases para usar em seus improvisos.

Nessa semana no meu blog eu coloquei uma listagem de livros que recomendo no meu novo curso, Prof. de Músico Empreendedor. Junto a essa postagem aproveitei também para compartilhar mais 2 listagens, uma de biografias e uma sobre empreendedorismo.

Eu tenho certeza que o conteúdo de todas essas obras vão fazer a diferença na carreira de todos vocês como músico empreendedor como fizeram na minha.

Segue abaixo as listagens, boa leitura a todos!

Livros sobre empreendedorismo

Biografias Recomendadas

Prof. de Música Empreendedor – Leitura Recomendada

Conte conosco nesta caminhada.
Mateus Starling


Novidades da Semana

 

Essa semana atualizamos algumas classes e inserimos outras, segue abaixo nossa lista de atualizações.

– Semanas 23 e 24 na classe de Guitarra 02 (Curso Express)
– Aula de Samba na classe de Levadas de Música Brasileira
– Criamos a classe Prof. de Música Empreendedor – YouTube Lives
– Acrescentamos na classe Rotina de Estudos a aula Técnicas para estudar.

 


Não Viu Ainda?
(Cursos que achamos importantes e muitos deixam passar)

 

Como se manter focado com o volume de informações que temos hoje em dia? É possível evoluir nos estudos mesmo tendo pouco tempo para poder estudar durante o dia? Você sabe como alinhar os seus estudos com os seus objetivos? Você sabe como montar o seu cronograma de estudos?
Parecem questões simples de se resolver mas hoje em dia o volume de informações que temos disponíveis podem atrapalhar mais do que ajudar, temos as redes sociais ao alcance do nosso bolso e facilmente podemos perder horas com elas.

Na classe de rotina de estudos temos dicas importantes de como estudar, como criar a sua rotina de estudos e como se manter focado nos seus objetivos.

1 – Veja primeiro aqui / Rotina de estudo

Quantidade x Qualidade

 

Quando comecei a tocar meu instrumento (1992) vivíamos uma situação oposta da que vivemos hoje.

Poucas pessoas tinham acesso a conteúdo, poucas pessoas tinham formação musical, poucas pessoas estavam dispostas a passar o conhecimento para frente. Quando pintava uma fita VHS com uma video aula (cópia da cópia da cópia) quase já em preto e branco de tanto ser copiada, era um desespero para fazer uma copia. Quem tinha dois videos cassetes para copiar?

Hoje TODO, absolutamente todo o conteúdo esta disponível, e ai a gente pensa: Que maravilha!! Revolução!! Democracia do conteúdo!!

Aí veio o problema. O livro perfeito para sua vida esta com as páginas todas misturadas e sem a numeração no rodapé, portanto, o conteúdo é maravilhoso, mas o sacrifício para colocar este conteúdo dentro de uma ordem lógica não vale a pena.

Não fique dando tiro para todos os lados, foque somente no que importa, se desligue do que te distrai (fique off-line), tenha um tempo de qualidade com seu estudo.
Use seu tempo ocioso para ver as aulas, fazer as anotações e, quando estiver com seu instrumento em mãos, você já sabe o que precisa ser feito.

Eu particularmente fico o dia todo anotando coisas no meu bloco de notas e, quando chego em casa, já sei exatamente o que devo fazer, minha caixa de emails é cheio de mensagens de mim para mim mesmo, rs…

Bons estudos.

Conte conosco nesta caminhada.
Mateus Starling


Novidades da Semana

 

Essa semana foi bem agitada aqui na plataforma! Só essa semana fizemos as seguintes atualizações:

– Adicionamos as semanas 21 e 22 na classe Guitarra 02;
– 3 novas Lives foram adicionadas na classe de YouTube Lives;
– Um resumo de Harmonia Básica foi inserida na classe Harmonia Berklee 01 (Express);
– Levada de Samba foi adicionada na classe Levadas de Música Brasileira;
– Criamos a classe Análises Musicais;
– Nossa classe de Introdução a Teoria Musical recebeu uma grande atualização, 10 novas aulas foram adicionadas e 12 ditados em áudio. Colocamos também o gabarito desses ditados.

 


Não Viu Ainda?
(Cursos que achamos importantes e muitos deixam passar)

 

Uma das escalas mais versáteis que temos, usada em estilos variados, desde o Jazz ao Rock. 5 notas que marcaram carreiras de grandes músicos que souberam como a utilizar de forma genial. Afinal de contas todos nós sabemos, não existe lick de pentatônica ruim, existe lick mal tocado rs.

Nessa classe o Mateus ensina 14 padrões que podem ser utilizados com a escala pentatônica que vão ajudar a compor o seu vocabulário de frases para usar em seus improvisos.

 

Menos é Mais (quase sempre…)

 

 

Miles Davis foi uma das figuras mais icônicas na música popular de todos os mundo, um músico que moldou a maneira de improvisar e de liderar bandas. Entrar na banda do Miles Davis era garantia de fama eterna.

Miles cunhou uma frase que tomou uma proporção gigante quando disse: “Menos é mais”.

Talvez a maior revolução proposta por Miles Davis tenha sido o rompimento com as harmonias complexas e a maneira de tocar ultra densa dos músicos de bebop, ou seja, era muita nota para um ouvinte comum compreender.

Miles Davis ficou conhecido por suas notas alongadas, pelos buracos deixados no meio dos improvisos, pela surpresa dos seus ataques.
O menos é mais de Miles Davis não se resume a si mesmo ou apenas a música. Picasso ao longo dos anos foi tirando a complexidade de seus traços por outros mais simples.

Certa vez Steve Jobs disse: “É preciso trabalhar duro para deixar seu pensamento limpo e tonár-lo simples.”
Nassin Taleb escreve em seu livro Antifragil que a simplicidade é muito mais eficaz do que a complexidade.

Você pode continuar buscando tocar muitas notas, tocar acordes complexos e, na verdade, estes grandes nomes acharam a simplicidade depois de ter por um árduo processo de introspecção.

Só estou escrevendo esta mensagem para dizer que esta tudo bem em tocar muitas ou poucas notas, o seu valor não estará nisso, mas sim na verdade daquilo que você faz.

Toque muito ou pouco se isso é o que você quer transmitir, mas não faça isso porque outras pessoas estão fazendo ou esperam que você seja capaz de fazer.

Conte conosco nesta caminhada.
Mateus Starling


Não Viu Ainda?
(Cursos que achamos importantes e muitos deixam passar)

 

Outside, um tema que muitos tem dúvida do que é de como aplicar ao seu vocabulário na hora de improvisar.

Se desenvolver a habilidade de tocar dentro e fora da tonalidade adicionando uma sonoridade mais moderna, ácida e inovadora é algo que você sempre buscou, essa classe vai te ajudar em todo o caminho do seu estudo, com exercícos, dicas, conceitos, dezenas de frases analisadas dentro de vários estilos, Rock, Jazz, Fusion, Funk e Blues.

 

 


 

Hoje o papo é reto e rápido.

 

Você não escolhe acordar motivado todos os dias, mas acordar disciplinado é uma escolha.
Ao invés de buscar maneiras para se sentir mais motivado, pense apenas na disciplina.
Você vai pegar e vai fazer simplesmente porque é um comando e você pode.

Pratique todos os dias, independentemente do seu cansaço ou estado de espírito. Pratique por 10, 20 minutos ou por 2 horas, não importa, o que importa é que você adquira este hábito.
O cérebro humano leva em média 60 dias para colocar um novo hábito na programação, depois disso tudo se torna mais fácil.
Portanto, no início o comando é seu, mas com o tempo o cérebro vai te ajudar nesta caminhada.

Curta o processo.

Conte conosco nesta caminhada.
Mateus Starling


Novidades da semana.

 

Mantendo o padrão de sempre melhorar as aulas que já temos disponíveis na plataforma, desde o meio do ano o Mateus vem regravando o curso de Guitarra 02, e nessa semana incluímos a semana 20. Nessa aula falamos continuamos o assunto dos modos da escala maior, e abordamos os modos menores frígio e eólio, e abordamos um pouco sobre o blues menor.

Já na classe de percepção 2, na seção express onde editamos o áudio e vídeo, fizemos correções de volume e editamos as semanas 16 a 19. Para facilitar a navegação do aluno e tornar a localização das aulas mais fáceis, renomeamos as aulas.

Guitarra 02

Percepção Berklee 02 (Express)

 


Não Viu Ainda?
(Cursos que achamos importantes e muitos deixam passar)

 

Você estudou muito, praticou bastante e decidiu iniciar o seu trabalho autoral, só tem um porém, não sabe por onde começar ou se sente perdido nas suas composições. Não existe nada melhor do que ter a oportunidade de avaliar e ter dicas de outro músico que já tem seu trabalho lançado, uma carreira consolidada e 4 álbuns lançados. Nossa classe de processo de composição instrumental aborda o processo de composição do nosso professor e diretor Mateus Starling. Através de playbacks, áudios, transcrições e todas as explicações diretamente do Mateus sobre os trabalhos que foram lançados ao longo dos anos.


 

Restringir para Expandir

 

Aprendi esta frase com um dos maiores professores da Berklee chamado Hal Crook.
Ele dizia que para expandir é necessário restringir.

Quando falamos na prática de escalas, arpejos, voz guia e etc por região, estamos falando em restrição.
Forçar o músico a enxergar tudo o que precisa em uma região o força a eliminar as obscuridades.
Quantas vezes você parou de tocar em uma região do braço porque você não conseguiu ver a escala, o arpejo ou a escala naquela região?

Quando não restringimos, voltamos sempre para os lugares de conforto, dos modelos mais fáceis, os acordes sem inversão, as conexões mal feitas, enfim, você deixa de experimentar novas sonoridades e cacoetes que só funcionam em locais específicos.

Você precisa se acostumar a restringir logo no início, nas coisas mais simples, tal como pentatonicas e tríades, depois se torna natural, pois se transforma em uma mudança de mentalidade.

Por isso sempre digo para que vocês confiem em nosso conteúdo e cronograma, porque, sem perceber, você já estará dominando estas ferramentas.

Curta o processo.

Conte conosco nesta caminhada.
Mateus Starling


Novidades da Semana

Fizemos uma atualização no curso de Percepção Berklee 2. Acrescentamos 15 semanas de classes express e até o final da semana teremos muito mais. Todos as aulas das semanas estão nomeadas informando o assunto que está sendo abordado ou a página da apostila em questão que está sendo abordada na aula, tudo isso para poder tornar a navegação pelas aulas mais amigável para o aluno!

 


Não Viu Ainda?
(Cursos que achamos importantes e muitos deixam passar)

 

A prática da leitura junto ao instrumento é algo muito comum ao instrumentista de sopro ou pianista por exemplo, dificilmente você vai encontrar um violinista que não lê uma partitura por exemplo. Infelizmente essa não é a mesma realidade quando falamos da guitarra por exemplo, muitos guitarristas enfrentam esse problema de não conseguir ler uma partitura.

Pensando nisso nosso diretor e professor Mateus Starling desenvolveu o curso de leitura para guitarristas. Com 10 estudos em playalongs, mais de 10 PDF’s com peças para o estudo de leitura e aproximandamente mais 60 minutos de aulas falando sobre leitura de acordes, leitura na prática e como desenvolver a leitura para tocar no instrumento.