fbpx

Vale a pena praticar 5 ou 10 minutos por dia?

Vale a pena estudar 5 ou 10 minutos por dia?

 

Vale sim meu amigo e vou te explicar.
Você precisa estudar seu instrumento todos os dias (no máximo 1 dia de folga na semana) e existem muitas evidências científicas a respeito da necessidade da constância no aprendizado do instrumento, que vai da parte intelectual a parte motora.

A parte motora necessita de muito trabalho físico, precisa da “intimidade” com o instrumento. Estamos falando de tendões que vão se adaptando aos movimentos.
Recentemente li a biografia do baixista Jaco Pastorius, um cara que revolucionou o baixo eletrico. Ele praticava muitas vezes sentado no sofá ao lado da família, conversando e interagindo, enquanto isso ele simplesmente fazia exercícios, escalas e tudo o que era um trabalho meramente mecãnico.

Jaco queria aproveitar todas as brechas do dia para praticar seu instrumento sem perder a oportunidade de interagir com a familia, então, o baixo se tornou membro da família.

Pode parecer um exagero, mas postei um video no youtube a respeito do saxofonista Charlie Parker que chegou a praticar 14 horas por dia…
Sim, sim, sim…você não quer isso para sua vida e nem precisa entrar em parafuso, o que que eu quero dizer é que cada um deve fazer o melhor dentro da sua realidade.

Se você quer ser profissional, nem se atreva em passar um dia sem pelo menos se debruçar 1 ou 2 horas com o instrumento, mas se você toca apenas pelo prazer de tocar e teve um dia complicado, esta esgotado e, no fim das contas, não sobrou tempo algum para o instrumento, então é nesse dia que você deve tocar os 5, 10 minutos, talvez relaxando em frente a TV, não importa, é melhor alguma intimidade com o instrumento do que nenhuma. No outro dia volte a sua rotina e tenha um tempo de qualidade com seu instrumento.

No dia dos 5 ou 10 minutos, suba e desça escalas, arpejos, faça os padrões da pentatônica, mas faça algo com seu instrumento, não deixe seus tendões dormirem sem que tenham passado por algum processo mecânico.

Conte conosco nessa caminhada.
Mateus Starling


Novidades da Semana

 

Toda semana atualizamos a seção do blog da plataforma da escola. Todas as novidades da plataforma, sugestões de classes para assistir e um texto para reflexão, escrito pelo Mateus, são a melhor forma de iniciar a semana!

Vídeos novos do canal da escola e dicas de álbuns, artistas e como estudar são postadas aqui na seção do blog!

 


Não Viu Ainda?
(Cursos que achamos importantes e muitos deixam passar)

 

Bends, vibratos, ligados, slides, palhetada alternada, todas essas técnicas são importantes para
um guitarrista para que as suas frases tenham expressão, que seja possível colocar
sentimento no que se está tocando.

Já imaginou você numa jam tocando um blues e no momento de climax do seu improviso, você não acerta aquele bend?
Vai executar um slide e para na nota errada, ou vai executar uma passagem rápida no seu improviso e a palhetada dá
aquela “engasgada”? Sempre quis articular aquela frase com um ligado limpo e preciso mas sempre achou difícil aqueles
pull-offs e hammer-ons?

Nessa classe o guitarrista e professor Márcio Cebola trata todos esses assuntos de uma forma
bem detalhada com exemplos práticos de como executar cada uma dessas técnicas muito
famosas no Rock e que são utilizadas em muitos estilos diferentes.