Um dos maiores erros de quem estuda música é ficar com o olho no futuro e não vivenciar as etapas do presente.

A gente quer aprender uma escala nova que alguém “importante” disse que era a mais legal de todas. Pode ser que seja a mais legal de todas para ele que já está lá na frente, mas que não faça qualquer sentido para você que ainda tem vários buracos na formação.

Em 99% do tempo a música popular que tocamos esta passeando por variações da escala maior. Pouca coisa além disso.
Se não é a escala maior é a relativa ou algum modo, mas não pense que isso é pouco.

Existe muita coisa para se fazer com este “pouco”.
Existem caminhos e interpretações diferentes existe profundidade e maturidade com este “pouco”. Você pode ficar a vida toda com uma lupa dentro da escala maior e fazer miséria com isso.
Pentas, tríades, tétrades, inversões, sobreposições. Tudo isso está dentro da escala maior.
Ainda temos a interpretação, ferramentas de expressão, parte rítmica, precisão e etc.

Meu vídeo de ontem no YouTube foi exatamente sobre isso. Se você não viu ainda não deixe de conferir. Além disso subimos um curso novo na plataforma de introdução à guitarra jazz. Foi o assunto mais pedido no grupo do TELEGRAM.

Conte conosco nesta caminhada.
Mateus Starling

Novidades da Semana

Sempre respeitando nossos alunos e ouvindo suas sugestões e opiniões
sobre como podemos melhorar cada vez mais a experiência dentro da
plataforma, fizemos as seguintes modificações e inclusões na plataforma
da escola:

– Nova classe de Introdução a Guitarra jazz;
– Nova gravação das aulas de Harmonia Berklee 1 (Semana 1 à 10);
– Correção de pequenos bugs;

Não Viu Ainda?
(Cursos que achamos importantes e muitos deixam passar)

Uma das escalas mais versáteis que temos, usada em estilos variados, desde o Jazz ao Rock. 5 notas que marcaram carreiras de grandes músicos que souberam como a utilizar de forma genial. Afinal de contas todos nós sabemos, não existe lick de pentatônica ruim, existe lick mal tocado rs.

Nessa classe o Mateus ensina 14 padrões que podem ser utilizados com a escala pentatônica que vão ajudar a compor o seu vocabulário de frases para usar em seus improvisos.

Recentemente gravei um video que fixamos no inicio da guitarra 1.
Me vi impelido a falar de um assunto importante, que é o fato de que cada pessoa tem um anseio diferente com a música e por isso cada um deve se cobrar em níveis diferentes.

Cada um olha para a música e deseja algo específico. Por mais que tenhamos muitos pontos em comum, no fim das contas cada um tem a sua jornada e as suas preferências.

Você é ou quer ser profissional? Então se dedique para ter um diferencial no mercado e siga o máximo nossas recomendações sobre praticar tudo em 12 tons, ate que isso se torna a coisa mais natural da sua vida.
Se você esta em algum lugar entre o cara que só toca por prazer e quer ser um músico amador de alto nível, então se cobre na medida que você esteja curtindo o processo.

Se não der para praticar em 12 tons, então pratique em 4, 6. Se não conseguir avançar nas tríades em blocos, deixe um pouco de lado e siga adiante, mas mantenha o assunto antigo no cronograma.

O que eu quero dizer é: Curta o processo, se algum ponto está difícil, siga em frente sem abandonar completamente o assunto anterior, mas não fique paralisado diante de um assunto que, a principio é complexo.

Conte conosco nesta caminhada.
Mateus Starling


Novidades da Semana

 

Videos e classes que foram adicionadas à plataforma:

– Na classe de Guitarra 1 incluímos o vídeo “Insight sobre improvisação”
– Incluímos a classe de Improvisação 2 Express até a semana 15.
– Live 04 do Professor de Música Empreendedor
– Semana 25 do Guitarra 02

 


Não Viu Ainda?
(Cursos que achamos importantes e muitos deixam passar)

 

Bends, vibratos, ligados, slides, palhetada alternada, todas essas técnicas são importantes para
um guitarrista para que as suas frases tenham expressão, que seja possível colocar
sentimento no que se está tocando.

Já imaginou você numa jam tocando um blues e no momento de climax do seu improviso, você não acerta aquele bend?
Vai executar um slide e para na nota errada, ou vai executar uma passagem rápida no seu improviso e a palhetada dá
aquela “engasgada”? Sempre quis articular aquela frase com um ligado limpo e preciso mas sempre achou difícil aqueles
pull-offs e hammer-ons?

Nessa classe o guitarrista e professor Márcio Cebola trata todos esses assuntos de uma forma
bem detalhada com exemplos práticos de como executar cada uma dessas técnicas muito
famosas no Rock e que são utilizadas em muitos estilos diferentes.

0

Nossos incríveis alunos tocando o tema em 5/4 Take Five do Dave Brubeck diretamente da Starling Academy aqui na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. Mais uma produção dos nossos alunos. Curte e aproveita pra seguir o nosso canal e ver tudo o que vamos postar dos nossos alunos.

Jose Vitor – bateria

Matheus Alves – baixo

João Vaz – guitarra

Lucas Corel – teclado

Vídeo – Lucas Felix

 

🔥Conheça nossa escola presencial no Rio de Janeiro na Barra da Tijuca ou virtual para todo mundo: www.StarlingAcademy.com.br

– – – Contatos: ➜ (21) 3649-5095 (WhatsApp e telefone)

e-mail: [email protected]

Av. das Américas, 297, loja F, Barra da Tijuca/RJ Rio de Janeiro/Brasil

O timbre esta na mão? Nesse vídeo debatemos sobre o quanto podemos timbrar através de nossos recursos naturais e de quanto necessitamos de pedais e etc.

🔥Conheça nossa escola presencial no Rio de Janeiro na Barra da Tijuca ou virtual para todo mundo: www.StarlingAcademy.com.br

Contatos: ➜ (21) 3649-5095 (Starling Academy) e-mail: [email protected]

Av. das Américas, 297, loja F, Barra da Tijuca/RJ Rio de Janeiro/Brasil

Já parou para pensar se você tem aquela vocação para seguir com a música? Será que já passou a hora de tomar uma decisão de seguir em frente?

🔥Conheça nossa escola presencial no Rio de Janeiro na Barra da Tijuca ou virtual para todo mundo: www.StarlingAcademy.com.br

Contatos: ➜ (21) 3649-5095 (Starling Academy) e-mail: [email protected]

Av. das Américas, 297, loja F, Barra da Tijuca/RJ Rio de Janeiro/Brasil

Não existe uma formula perfeita que leve alguém a se tornar um professor diferenciado de guitarra, mas, sem enrolação, vou explicar o caminho que segui e como você pode ter acesso a tudo isso e começar a trabalhar com este conteúdo de forma imediata.
Já estudei com centenas de professores diferentes ao longo dos meus quase 30 anos tocando guitarra. Já passei por professores de bairro, escolas na capital, até me formar em 2008 na Berklee College of Music de Boston.
Já estudei com grandes músicos didaticamente desorganizados e quando eu chegava em casa eu me perguntava. O que vou estudar hoje, amanhã e depois?
Também já estudei com professores aparentemente organizados, mas que a proposta didática oferecida era meramente mecânica, pouco musical e pouco libertadora.
Existem muitos músicos extraordinários que aprenderam no peito e na raça. Seus processos de aprendizado são muito pessoal e, muitas vezes, difíceis de serem organizados e passados adiante.
Por outro lado, é difícil confiar num professor de música com pouca experiência prática, ou seja, você não pode ensinar algo que nunca fez parte da sua realidade, tal como é difícil repartir um processo de aprendizado que foi, quase sempre, subjetivo e unicamente empírico.
Quando iniciamos nosso aprendizado musical, normalmente nosso interesse maior é simplesmente em tocar e nos conectar emocionalmente com a música. Esse sentimento nunca pode ser perdido, mas para aqueles que possuem um interesse em ensinar é necessário ter alguns pontos muito bem elaborados.
Como professor você precisa entregar cronograma, conteúdo, rotina, proporcionar um grupo de fomento, entre outras coisas, mas por hoje vamos ficar nestes 4 pontos.
.
1) Cronograma: Se você aprende por um cronograma, posteriormente você precisa apenas replicar este cronograma com seu aluno. O cronograma é o que você precisa cobrar e ensinar na semana 01 até a semana 100, ou seja, o cronograma são os capítulos semanais.
2) Conteúdo: O conteúdo é exatamente o material que estará neste cronograma semanal. Como apresentar ao aluno o conteúdo e deixar claro a prática diária, quais os objetivos a perseguir e etc.
3) Rotina: Como cruzar as semanas ao longo do caminho, aprendendo assuntos novos e vivenciando assuntos antigos? O quanto o aluno estudará de guitarra, harmonia, percepção, improvisação, como estes assuntos serão divididos ao longo dos dias?
4) Grupo de fomento: O professor pode providenciar aos alunos a interação necessária para que ele vivencie música com outras pessoas, para que o aluno esteja pensando e debatendo sobre música, ou seja, é necessário ser um agente estimulador. Na nossa escola virtual temos um grupo no WhatsApp de fomento com todos os alunos e professores onde debatemos, analisamos os vídeos e áudios dos alunos, entre outras coisas. Na escola presencial temos um lounge e constantemente realizamos pocket shows dos alunos
.

Na Starling Academy of Music temos todo o conteúdo de 2 anos de classes apostiladas, isso garante que todos os professores sigam o mesmo cronograma, ensinem a mesma metodologia, com o mesmo conteúdo. Isso, também, dá ao aluno a garantia de que ele tem um script para seguir em casa, isso evita aquele sentimento que narrei no inicio: “O professor toca muito, a aula foi bacana, mas o que eu vou estudar hoje e amanhã?
Cada aluno tem um sonho com a música e o professor deve ajudar o aluno a realizar este sonho, portanto, estas ferramentas são ótimas para que você possa ter a liberdade de sair e retornar ao script.
Se você tem interesse em se tornar um professor profissional com certificado, fica aqui o convite para você conhecer, tanto nossa escola presencial no Rio de Janeiro, na Barra da Tijuca, quanto virtual para todo o mundo.

A timidez pode parecer um charme, mas para um artista é importante ter uma posição pro ativa, portanto, este vídeo tem o intuito de ajudar a todos os tímidos que fazem música e arte.

Conheça nossa escola presencial na Barra da Tijuca ou virtual para todo o mundo.

Av. das Américas, 297, loja F, Barra da Tijuca/RJ Rio de Janeiro/Brasil

Mais um bate papo sobre música, gravação, estudo, guitarra e tudo o que interessa aos músicos e entusiastas com Mateus Starling e Daniel Figueiredo.
No video de hoje apresentamos mais de 10 guitarras de alto valor e falamos sobre muitas coisas pertinentes.
Fique mais do que a vontade para comentar e participar, aliás, esse canal é feito com a sua ajuda.
Deixe a opinião sobre qual guitarra você gostaria de ver um review.

Estamos iniciando hoje uma série de videos no canal da Starling Academy of Music com Mateus Starling e Daniel Figueiredo sempre num bate papo sobre música, gravação, estudo, guitarra e tudo o que interessa aos músicos e entusiastas. Fique mais do que a vontade para comentar e participar, aliás, esse canal é feito com a sua ajuda.
Nesse video estamos falando sobre guitarra, aliás, o que é realmente importa na hora de escolher uma guitarra, é a madeira, tocabilidade, captação, peças?
Esse video tem uma segunda parte onde estaremos mostrando várias guitarras de primeira linha e em breve estaremos fazendo o review de algumas delas.Estamos iniciando hoje uma série de videos no canal da Starling Academy of Music com Mateus Starling e Daniel Figueiredo sempre num bate papo sobre música, gravação, estudo, guitarra e tudo o que interessa aos músicos e entusiastas. Fique mais do que a vontade para comentar e participar, aliás, esse canal é feito com a sua ajuda.
Nesse video estamos falando sobre guitarra, aliás, o que é realmente importa na hora de escolher uma guitarra, é a madeira, tocabilidade, captação, peças?
Esse video tem uma segunda parte onde estaremos mostrando várias guitarras de primeira linha e em breve estaremos fazendo o review de algumas delas.

-> Já conhece nossa escola de música na Barra da Tijuca? E nossa escola virtual para todo o mundo?

Dá uma olhada no nosso site que todas as informações.

Nesse video troco uma ideia com Daniel Figueiredo a respeito das diferenças, vantagens, desvantagens e mitos sobre som digital e analógico. Também estamos anunciando um novo programa no Youtube que estará indo ao ar todas as semanas no canal da Starling Academy of Music e que será voltado a todos os músicos e entusiastas, lá os videos terão uma média de 20 a 30 minutos sempre em dupla algumas vezes com convidados onde falaremos de carreira, faremos reviews de equipamentos, daremos dicas, responderemos perguntas e etc.