Tente lembrar o que fazia você pegar no instrumento quando começou a tocar..

Talvez o interesse era tocar para estar perto dos seus amigos, o sonho da banda autoral, tocar na igreja, gravar o primeiro álbum, tocar no churrasco..

Sabe qual é o problema da falta de foco? É a falta de propósito..

Propósito é projeto. Algo que você quer construir. Por mais que seja bobo para outras pessoas, montar uma banda pode ter sido a coisa mais importante da sua adolescência. Aquela vontade de tocar com os amigos, criar uma música do zero, rabiscar pedaços de letras, mudar os acordes, não saber como finalizar a canção, sonhar com a música na MTV..

O tempo passou e hoje você toca sozinho no quarto. Não reparte sua música e nem o seu projeto com mais ninguém. Quando você menos percebe já não tem mais propósito para tocar o instrumento. Agora é só obrigação para não abandonar o instrumento em baixo da cama.

Para preencher o buraco do propósito você enfia um monte de conteúdo e atividade no meio da vida e, no fim das contas, a falta de propósito te deixa sem foco e a falta de foco te deixa ansioso..

Então você acredita que vai progredir sem compartilhar sua música, seu progresso e suas dificuldades com outras pessoas, mas assim sua rotina tão sem graça que você desiste..

Música é uma arte para ser compartilhada..

Esteja num ambiente aonde você pode fomentar música com pessoas que estejam passando por etapas parecidas..


Conte conosco nesta caminhada.
Mateus Starling                                     

Novidades da Semana

Sempre respeitando nossos alunos e ouvindo suas sugestões e opiniões sobre como podemos melhorar cada vez mais a experiência dentro da plataforma, fizemos as seguintes modificações e inclusões na plataforma da escola:

– Novas aulas na classe Análises Musicais;
– Inclusão de mais uma alula na classe Aulas dos Alunos Faixa Preta;
– Novas aulas na classe Harmonia 1 Express;

Não Viu Ainda?

(Cursos que achamos importantes e muitos deixam passar)

Como se manter focado com o volume de informações que temos hoje em dia? É possível evoluir nos estudos mesmo tendo pouco tempo para poder estudar durante o dia? Você sabe como alinhar os seus estudos com os seus objetivos? Você sabe como montar o seu cronograma de estudos?

Parecem questões simples de se resolver mas hoje em dia o volume de informações que temos disponíveis podem atrapalhar mais do que ajudar, temos as redes sociais ao alcance do nosso bolso e facilmente podemos perder horas com elas.

Na classe de rotina de estudos temos dicas importantes de como estudar, como criar a sua rotina de estudos e como se manter focado nos seus objetivos.

“Nós somos aquilo que fazemos repetidamente. Excelência, então, não é um modo de agir, mas um hábito.” (Aristóteles)

O maior problema do estudante de música é manter a continuidade.
Já escrevi aqui sobre motivação e disciplina e disse que o grupo de fomento é uma excelente fonte de motivação porque você estará convivendo, mesmo que de forma virtual, com vários colegas que estão passando por momentos parecidos com o seu.

Um outro ponto do estudo deliberado é o feedback de um tutor qualificado e sentar sempre com um próposito em mente, portanto, nunca sente sem que sua rotina esteja muito clara.

Perceba que isso tudo ajuda na disciplina, porque você está construindo uma percepção de que vale a pena sentar para estudar (sensação de propósito). Você tem um cronograma e um conteúdo definido, você tem colegas que estão passando pela mesma caminhada, outros colegas mais experientes para se espelhar.

Agora um ponto importante. A sua identidade é simplesmente o acúmulo dos seus hábitos ao longo da vida. O que você é agora são os hábitos bons e ruins que você vive e que acomulou ao longo da vida.

Estudar música é um hábito angular, ou seja, se você tem disciplina no estudo da música, isso irá te ajudar a ter disciplina em outras áreas e a desenvolver hábitos melhores.

Encare a disciplina musical, o compromisso do seu estudo como a possibilidade de você ser transformado também em outras áreas.

Conte conosco nesta caminhada.
Mateus Starling


Novidades da Semana

 

Sempre respeitando nossos alunos e ouvindo suas sugestões e opiniões sobre como podemos melhorar cada vez mais a experiência dentro da plataforma, fizemos as seguintes modificações e inclusões na plataforma da escola:

– Novas aulas na classe Harmonia Berklee 1;
– Correção das aulas com problemas na reprodução;
– Correção de pequenos bugs;

 


Não Viu Ainda?
(Cursos que achamos importantes e muitos deixam passar)

Uma das escalas mais versáteis que temos, usada em estilos variados, desde o Jazz ao Rock. 5 notas que marcaram carreiras de grandes músicos que souberam como a utilizar de forma genial. Afinal de contas todos nós sabemos, não existe lick de pentatônica ruim, existe lick mal tocado rs.

Nessa classe o Mateus ensina 14 padrões que podem ser utilizados com a escala pentatônica que vão ajudar a compor o seu vocabulário de frases para usar em seus improvisos.

É muito mais fácil seguir estudando e tendo disciplina se você encontra propósito no que esta fazendo.

Os hábitos são formados exatamente quando temos uma deixa. Um instrumento próximo quando estamos em casa, por exemplo e uma rotina desencadeada ao pegar o instrumento, que por fim será recompensando de alguma forma.

Qual é a recompensa que você tem após seu estudo com o instrumento? Qual é o sentimento gerado?
Satisfação por estar avançando? Um solo que você consegue tocar? Uma música que você consegue acompanhar?

Quando o seu propósito com a música é grande, quando tem paixão envolvida, fica mais fácil ter disciplina e motivação.
A disciplina é o tapa que você precisa num dia ruim. Algo como: “Hoje estou cansado, mas vou estudar porque é preciso.”

No fundo você sabe que será recompensado, talvez não hoje e nem amanhã, mas no fim das contas você vai alcançar aquele propósito maior que te faz querer tocar o instrumento todos os dias.

Conte conosco nesta caminhada.
Mateus Starling


Não Viu Ainda?
(Cursos que achamos importantes e muitos deixam passar)

 

Uma das escalas mais versáteis que temos, usada em estilos variados, desde o Jazz ao Rock. 5 notas que marcaram carreiras de grandes músicos que souberam como a utilizar de forma genial. Afinal de contas todos nós sabemos, não existe lick de pentatônica ruim, existe lick mal tocado rs.

Nessa classe o Mateus ensina 14 padrões que podem ser utilizados com a escala pentatônica que vão ajudar a compor o seu vocabulário de frases para usar em seus improvisos.

Você já ouviu a expressão: “Roube como um artista”?
Artistas de verdade estão acostumados a se apropriar de ideias de outros artistas, isso faz parte do processo de desenvolvimento artístico.

Como disse Sonny Rollins: “Ninguem é original, todos somos derivados.”
Copie: Este processo é necessário para que você pegue o vocabulário e a sujeira do estilo. Quando mais você ouve, copia e se apropria, mais você acelera o processo de criar autonomia para olhar para dentro de si e descobrir sua própria voz musical.

Em pouco tempo você não sentirá mais necessidade de pegar seu instrumento e copiar, apenas ouvindo você já consegue identificar o que esta acontecendo, então, você simplesmente pega a ideia e rouba para si, sem copiar literalmente, apenas se inspirando pela ideia que foi lançada.

O estudo focado no cronograma e conteúdo te ajuda a acelerar ainda mais este processo de percepção musical.

Curta o processo.

Conte conosco nesta caminhada.
Mateus Starling


Novidades da Semana

 

Sempre respeitando nossos alunos e ouvindo suas sugestões e opiniões sobre como podemos melhorar cada vez mais a experiência dentro da plataforma, fizemos as seguintes modificações e inclusões na plataforma da escola:

– Acrescentamos uma aula nova na classe ROTINA DE ESTUDOS/VEJA PRIMEIRO AQUI;
– Reposição de duas das 3 aulas disponíveis na classe LEVADAS DE MÚSICA BRASILEIRA;
– Melhorias no player de vídeo;
– Correção de pequenos bugs que causavam problemas na comunicação do servidor com a plataforma e atrapalhava a reprodução dos vídeos;
– Melhorias na Área do Aluno;


Não Viu Ainda?
(Cursos que achamos importantes e muitos deixam passar)

 

Você acha fascinante o mundo da improvisação e tudo o que o rodeia? Quer desenvolver uma mentalidade improvisadora e não sabe por onde começar ou acha que precisa aprender dezenas de modelos de escala e arpejos?

Nessa classe nosso diretor e professor Mateus Starling ensina 5 níveis de improvisação sobre cada tipo de acorde que você vai encontrar com mais frequência nas músicas e ensina como usar ferramentas para improvisar, desde a mais básica de todas até a mais avançada, te ajudando a tornar o seu improviso mais sofisticado e natural.

Antes de pensar em passar mais horas com o instrumento no colo, você precisa mudar sua mentalidade.
Nossos modelos mentais definem nossas ações, ou seja a maneira como enxergamos o mundo, os problemas, nosso ponto de vista sobre tudo e também sobre a música, definem nossas atitudes e comportamentos.

Para mudar o resultado, antes de tudo você precisa mudar aquilo que dá o comando para seu comportamento.
A sua rotina e seus hábitos são comportamentos e se antes você não muda os seus modelos mentais, logo o comportamento vence e você continua fazendo as mesmas coisas, mantendo os hábitos ruins, procrastinando e se frustrando.

Veja a oportunidade de estudar como uma dádiva, como algo importante e que precisa de um espaço na sua vida.

Entende que a continuidade faz parte do processo. Você precisa ser constante. Confie no conteúdo e no cronograma. Reserva uma parte da sua prática para se divertir.

Curta o processo.
Conte conosco nesta caminhada.
Mateus Starling


Não Viu Ainda?
(Cursos que achamos importantes e muitos deixam passar)

 

Como se manter focado com o volume de informações que temos hoje em dia? É possível evoluir nos estudos mesmo tendo pouco tempo para poder estudar durante o dia? Você sabe como alinhar os seus estudos com os seus objetivos? Você sabe como montar o seu cronograma de estudos?

Parecem questões simples de se resolver mas hoje em dia o volume de informações que temos disponíveis podem atrapalhar mais do que ajudar, temos as redes sociais ao alcance do nosso bolso e facilmente podemos perder horas com elas.

Na classe de rotina de estudos temos dicas importantes de como estudar, como criar a sua rotina de estudos e como se manter focado nos seus objetivos.

 

Para Refletir

 

Semana passada falamos sobre o excesso de conteúdo e como isso tem matado a gente, mas não é somente o excesso de conteúdo que mata, mas também o excesso de objetivos, excesso de metas, excesso de ideias.

Foque no conteúdo no objetivo, nas metas e nas ideias necessárias para o momento.
Qual a rotina de hoje, a rotina de amanhã? Elas estão em dia? Então ok, agora vamos pensar no médio e longo prazo.

Stephen Covey no livro “Os 7 hábito das pessoas altamente eficazes” tem um capitulo dedicado para: FIRST THINGS FIRST (Primeiro o mais importante), inclusive na nossa plataforma tem um resumo deste livro no curso de MUSIC BUSINESS.

Para focar no amanhã, antes você precisa resolver as demandas de hoje.
A ansiedade é gerada pelo medo de viver o futuro e a falta de coragem para simplesmente viver o presente.

Bons estudos
Conte conosco nesta caminhada.
Mateus Starling


Não Viu Ainda?
(Cursos que achamos importantes e muitos deixam passar)

 

Análises exclusivas para os nossos alunos sobre o trabalho de vários artistas diferentes, independente do estilo musical, passando por Jazz, Fusion, Rock, Blues. Essas análises são feitas sem o instrumento na mão, presando bastante a percepção dos nossos alunos a sonoridade impressa pelo artista em cada trabalho analisado. Desde escalas que foram usadas a motivos melódicos e ritmicos.

 

Quantidade x Qualidade

 

Quando comecei a tocar meu instrumento (1992) vivíamos uma situação oposta da que vivemos hoje.

Poucas pessoas tinham acesso a conteúdo, poucas pessoas tinham formação musical, poucas pessoas estavam dispostas a passar o conhecimento para frente. Quando pintava uma fita VHS com uma video aula (cópia da cópia da cópia) quase já em preto e branco de tanto ser copiada, era um desespero para fazer uma copia. Quem tinha dois videos cassetes para copiar?

Hoje TODO, absolutamente todo o conteúdo esta disponível, e ai a gente pensa: Que maravilha!! Revolução!! Democracia do conteúdo!!

Aí veio o problema. O livro perfeito para sua vida esta com as páginas todas misturadas e sem a numeração no rodapé, portanto, o conteúdo é maravilhoso, mas o sacrifício para colocar este conteúdo dentro de uma ordem lógica não vale a pena.

Não fique dando tiro para todos os lados, foque somente no que importa, se desligue do que te distrai (fique off-line), tenha um tempo de qualidade com seu estudo.
Use seu tempo ocioso para ver as aulas, fazer as anotações e, quando estiver com seu instrumento em mãos, você já sabe o que precisa ser feito.

Eu particularmente fico o dia todo anotando coisas no meu bloco de notas e, quando chego em casa, já sei exatamente o que devo fazer, minha caixa de emails é cheio de mensagens de mim para mim mesmo, rs…

Bons estudos.

Conte conosco nesta caminhada.
Mateus Starling


Novidades da Semana

 

Essa semana foi bem agitada aqui na plataforma! Só essa semana fizemos as seguintes atualizações:

– Adicionamos as semanas 21 e 22 na classe Guitarra 02;
– 3 novas Lives foram adicionadas na classe de YouTube Lives;
– Um resumo de Harmonia Básica foi inserida na classe Harmonia Berklee 01 (Express);
– Levada de Samba foi adicionada na classe Levadas de Música Brasileira;
– Criamos a classe Análises Musicais;
– Nossa classe de Introdução a Teoria Musical recebeu uma grande atualização, 10 novas aulas foram adicionadas e 12 ditados em áudio. Colocamos também o gabarito desses ditados.

 


Não Viu Ainda?
(Cursos que achamos importantes e muitos deixam passar)

 

Uma das escalas mais versáteis que temos, usada em estilos variados, desde o Jazz ao Rock. 5 notas que marcaram carreiras de grandes músicos que souberam como a utilizar de forma genial. Afinal de contas todos nós sabemos, não existe lick de pentatônica ruim, existe lick mal tocado rs.

Nessa classe o Mateus ensina 14 padrões que podem ser utilizados com a escala pentatônica que vão ajudar a compor o seu vocabulário de frases para usar em seus improvisos.

 

Curta o Processo!

Lembro pouca coisa de química e física. Segui como músico e meu interesse e necessidade de uso destas matérias foi se evaporando ao longo da vida.

As vezes tenho a impressão de que quase tudo o que aprendi na escola não serviu para grandes coisas, mas isso não é verdade.
Apesar das críticas que possamos ter ao sistema de ensino, muitas destas matérias foram importantes para nos formar como seres pensantes.

Eis que você está aqui agora diante de classes como guitarra, improvisação, harmonia e percepção. É claro que você logo percebe sua conexão com as classes de guitarra e improvisação, mas muitos tendem a negligenciar as “teóricas” que na verdade tem muito mais resultado prático do que se imagina.

Mesmo em matérias como guitarra e improvisação, alguns tendem a pensar que não precisam de certas coisas.
Por que estudar tudo em 12 tons? Por que conhecer cada região do braço do meu instrumento? Para que tanta tríade, tétrade? Tem que inverter tudo?

Por mais que você siga na sua vida tocando apenas C G Am e F, entenda que este conhecimento vai ser libertador, até mesmo quando você for tocar coisas extremamente simples. Agora você terá opções de abordagem.

Costumo falar com os alunos que você tem a possibilidade de estudar por 18, 24 meses e adquirir muito mais do que uma base sólida, mas sim uma caixa de ferramentas completa para que você possa resolver qualquer bronca musical que apareça na sua frente.
Seja constante e curta o processo.

Conte conosco nesta caminhada.
Mateus Starling


Novidades da Semana

 

Com o compromisso do constante processo de evolução do conteúdo que é oferecido na plataforma, e ao suporte para os nossos alunos, fizemos atualizações importantes nessa semana.
Vamos às novidades…

– Na seção de downloads todas as backing tracks e playbacks estão organizadas em pastas e por classe;
– O curso express de Harmonia Berklee 2 está completo na plataforma. Ficou muito bom, pois o Mateus deu ênfase na aplicação do curso no instrumento.
– A classe express de Guitarra 2 está quase completa, fizemos o upload da semana 13 até a 19.


Não Viu Ainda?
(Cursos que achamos importantes e muitos deixam passar)

Sempre quis entender como funciona a harmonia modal? Como fazer o som dos seus solos e composições soarem modais? Qual nota ou intervalo são característicos de cada modo? Tem dúvida de como funciona o empréstimo modal, harmonia quartal aplicada sobre os modos? Quer ser capaz de analisar cada modo de forma separada e identificar as suas particularidades?
Entenda de uma vez por todas os pontos de vista sonoro e visuais, progressões harmônicas com as notas características dos modos, como improvisar sobre Pitch Axes, progressões modais e muito mais.

 

Você não é nada sem um cronograma

 

Apesar da orientação que damos aos alunos para que vejam antes de tudo o curso VEJA AQUI PRIMEIRO, muitas pessoas passam batido pelo vídeo a respeito de cronograma, então vou colocar em palavras o que você deve ter em mente para montar seu cronograma semanal.

O cronograma é algo que vai se modificando ao longo do tempo, por isso é importante que você saiba como montar o seu cronograma de acordo com a sua disponibilidade e interesse.
Na escola convencional você tinha aula de geografia, matemática, português e etc. Toda semana você era bombardeado com conteúdos específicos de cada uma destas matérias e o conteúdo avançava semana após semana.

Aqui na Starling Academy é a mesma coisa. Você tem o núcleo duro de classes, que equivale as aulas de geografia, matemática e etc. Isso quer dizer que você estará cursando algumas classes concomitantemente, ou seja, ao mesmo tempo. Cabe a você decidir se vai assistir tudo no mesmo dia ou espalhar ao longo da semana.

Em tese os alunos seguem o núcleo duro fazendo as classes de GUITARRA, IMPROVISAÇÃO, HARMONIA e PERCEPÇÃO BERKLEE.
Este cronograma é parelho ao cronograma que você estaria se submetendo se estive chegando na Berklee hoje, mas o que acontece é que muitos alunos, talvez a maioria, precise antes fazer alguma coisa dos cursos introdutórios de guitarra e introdução a teoria, para depois entrar no núcleo duro.
Fazendo estas classes introdutórias ou até mesmo já o núcleo duro, você pode puxar uma, duas, três classes de extensão.

Portanto, para muitas pessoas o cronograma vai ficar assim:

Perceba que nas primeiras semanas o aluno estudou ao mesmo tempo guitarra para iniciantes, introdução a teoria e puxou duas matérias dos cursos de extensão que foram setup de efeitos e padrão de pentatônicas.
Na quinta semana o aluno finalizou as classes de extensão de setup de efeito e substituiu pelo curso de desenvolvimento de motivos e manteve todo o resto do cronograma.

Na sétima semana o aluno finalizou os cursos do núcleo duro guitarra para iniciantes e introdução a teoria e começou com guitarra 1, improvisação 1, harmonia e percepção Berklee 1.
O conteúdo de cada semana já esta contido nos vídeos e apostilas, portanto, basta assistir o vídeo e tomar nota do que será estudado naquela semana.

Caso tenha qualquer dúvida nosso grupo no whatsapp/telegram existe para isso mesmo. No grupo os alunos e professores debatem sobre o dia a dia do estudo, analisamos os vídeos, falamos sobre música e etc.

Bons estudos.
Conte conosco nesta caminhada.
Mateus Starling


Não Viu Ainda?
(Cursos que achamos importantes e muitos deixam passar)

 

Você tem dificuldades de criar solos que possuam linhas melódicas marcantes? Suas idéias não soam espontâneas como vc gostaria? Uma tarefa árdua para muitos é fazer com que os nossos solos contem uma história, e se essa história tiver que ser improvisada…a maioria tem medo de fazer feio na hora H.

Aplicar nos solos e improvisos as técnicas de bends, ligados, slides e intervalos de forma espontânea e equilibrada, construir um solo do zero com características líricas e melódicas que sejam memoráveis e de forma espontânea podem se tornar muito mais fáceis.

Com diversos exercícios e conceitos para tornar o seu solo mais melódico e lírico a nossa classe de Desenvolvimento melódico e lírico tem como objetivo guiar o estudante nesse caminho.

Não Subestime a Base!

Por mais que falemos insistentemente sobre a necessidade de se trabalhar a base, não é incomum que o aluno entre na plataforma e fique passeando por classes e módulos aleatórios, indo direto a conteúdos que entenda como importante, ignorando a instrução que damos para que a base seja trabalhada antes de avançar.

Se você já tem uma experiência tocando, inclusive se você já é profissional, o trabalho de base continua sendo importante. É provável que você faça este trabalho com mais rapidez, se comparado ao músico mais iniciante, mas mesmo assim trabalhar as bases será recompensador.

É muito comum encontrarmos músicos profissionais com problemas de base.
Quando fui estudar na Berklee com 26 anos eu já tocava profissionalmente a 10 anos e tinha vários problemas na minha base, isso se deve ao fato de que a guitarra é um instrumento novo na linha do tempo (Menos de 100 anos de existência), as metodologias são desencontradas, muito diferente de instrumento com séculos de existência, tal como o piano e instrumentos de sopro no geral onde temos “escolas” tradicionais.

A galera começa a tocar guitarra no peito e na raça, muitas vezes retendo tudo o que aparece na frente em termos de metodologia e videos do youtube, tudo cruzado e sem organização.

Será que você realmente já domina as pentatônicas, todas as qualidades de tríades em todas as inversões e sets de cordas, escala maior? Tudo isso precisa fluir em todas as 12 tonalidades. Instrumentista não escolhe tonalidade, tem que estar fluente em qualquer tom, se o vocalista precisar de mudar o tom você vai dizer que não toca na tonalidade de Eb?

Acredite no cronograma e no conteúdo que oferecemos. A Starling Academy já formou dezenas de músicos que hoje são referência no mercado, além disso, nossa metodologia é toda vinculada a Berklee College of Music e adaptada para a nossa realidade.
É melhor passar alguns meses trabalhando a base e se livrando deste processo de uma vez por todas do que toda se deparar com obscuridades que já deveriam ter ficado para trás.

Fique tranquilo, trabalhe a base e curta o processo.

Conte conosco nesta caminhada.
Mateus Starling


Não Viu Ainda?
(Cursos que achamos importantes e muitos deixam passar)

 

Se tornar um músico proficiente é um dos seus objetivos? É importante na sua carreira conseguir transitar entre esitlos musicais diferentes? Quer aprender a usar de forma prática e criativa os intervalos melódicos e harmônicos e dessa forma incrementar seus improvisos?

Os intervalos fazem parte do estudo de qualquer instrumento musical e o tema transcede os estilos musicais. Duvida?

Nessa classe os exemplos práticos abordam as intenções estilísticas do neosoul, jazz, rock, blues e fuision, mostrando a versatilidade do assunto.